Mobilização garante reintegração de funcionário na Protege

ParalisacaoProtege1

Ao receber denúncia de que um funcionário que retornava de benefício do INSS tinha sido demitido, o Sindicato foi à empresa, no dia 6 de maio, e realizou uma paralisação de 8 horas. O movimento resultou em uma reunião com a presença dos diretores da Protege, Gerson e Jorge Tavares,  o presidente José Bezerra e os diretores Américo e Justiniano pelo Sindiforte e o funcionário foi retintegrado.