Patrões aceitam condições exigidas pela categoria e CCT 2017 será assinada

AGE-CCT2017-Destacada

O sindicato patronal viu a força da nossa união e aceitou as condições impostas por nossa grande assembleia do último domingo, dia 15, para a assinatura da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) deste ano. Assim, a CCT será assinada em breve, atendendo às nossas principais reivindicações.

AGE-CCT-7Nossa assembleia, com a presença de mais de quatro centenas de companheiros, que lotaram o plenário do Clube São Cristóvão, aceitou as cláusulas econômicas, como o aumento de 3% nos salários e de 6,67% no tíquete refeição, que vai para R$ 32,00 (R$ 960,00 por mês). No entanto, exigiu que apenas o Sindiforte-RJ possa representar legalmente a categoria, bloqueando um dispositivo da “reforma trabalhista” do desgoverno Temer que permite a criação de “comissões de trabalhadores” manietadas pelas empresas e que poderiam acabar entregando diversos direitos nossos, como o triênio, e cartela de trinta tíquetes, os tíquetes nas férias etc.

Na segunda e terça-feira, dias 16 e 17, a diretoria do Sindicato transmitiu a decisão ao sindicato dos empresários e iniciou a negociação das cláusulas da CCT. A Cláusula 34ª foi inserida para garantir que a representação no local de trabalho está vinculada ao Sindiforte-RJ e que o nosso Sindicato é o único representante legal para estabelecer acordos e convenções coletivas.

OUTRAS CONQUISTAS

A CCT 2017 incluiu algumas reivindicações importantes, como a extensão aos vigilantes do Banco Central do direito a receber tíquete refeição nas férias. A partir de agora certamente passarão a receber, enquanto brigamos na Justiça pelo pagamento de anos anteriores, não pagos pela Fenixx.

Outra cláusula nova importante é a obrigatoriedade das empresas pagarem os custos com as Certidões Negativas por ocasião da reciclagem. Empresas como a Rodoban e a Fenixx Banco Central não poderão mais cobrar por isso.

Apesar da pressão dos patrões para cortar, conseguimos manter a cartela de 20 tíquetes refeição para os trabalhadores que fazem a escala 12×36.

AGE-CCT-6RETROATIVOS

O aumento nos salários vale a partir de 1º de julho, nossa data-base, e o novo valor do tíquete refeição será aplicado retroativamente a setembro. As diferenças serão pagas junto com o próximo pagamento.

SÃO PAULO E MINAS

Rio de Janeiro, Espírito Santo e Distrito Federal conduziram a campanha juntos, até a conquista de garantias contra abusos da “reforma trabalhista”. No entanto, nossa luta também beneficiará os companheiros de São Paulo e Minas Gerais. Apesar de terem fechado a CCT antes, as empresas concordaram em estender o que conquistamos na Cláusula 34ª a esses estados, o que contribui para o avanço de toda a categoria.